Febre amarela e fake news: quem combater primeiro?

Estudo publicado na Reciis discute os perigos da desinformação e a geração de boatos sobre febre amarela na era digital