agario - yohoho - agario -yohoho.io unblocked agario unblocked

Brasil
Acesso à Informação

Fórum de Editores Científicos: espaço de debate sobre editoria, pesquisa e ciência no Brasil

02/05/2022
Por Valentina Leite (Portal de Periódicos Fiocruz)

Acesse entrevista com uma das coordenadoras colegiadas do Fórum

O Fórum de Editores Científicos da Fiocruz é um grupo formado pelos editores das revistas científicas que são editadas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Existe desde outubro de 2014, quando foi criado sob supervisão da Vice-Presidência de Educação, Informação e Comunicação (VPEIC). Atualmente, há um total de oito revistas representadas no Fórum, além da Editora Fiocruz, que também compõe o grupo.

A criação do Fórum visa a garantia da ética na publicação científica, o fortalecimento da Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, o desenvolvimento profissional e tecnológico dos periódicos e o estímulo à disseminação científica. Com o objetivo de debater abertamente desafios comuns entre as revistas da instituição, o grupo se reúne pelo menos quatro vezes por ano para tratar de pautas que sejam transversais, políticas e de âmbito científico. De acordo com o Regulamento Interno do Fórum de Editores, também compete ao Fórum:

  • Articular, propor e orientar ações de processos, produtos e serviços relacionadas à editoria científica;
  • Debater sobre temas editoriais contemporâneos, com vistas à aplicação na instituição;
  • Definir mecanismos técnico-operacionais para o funcionamento do Portal de Periódicos Fiocruz;
  • Definir pautas, estratégias e fluxos para ações de divulgação científica das publicações da Fiocruz;
  • Discutir estratégias de sustentabilidade institucional dos periódicos e da editora.

Hoje os membros do Fórum se dividem em Grupos de Trabalho (GTs), responsáveis pelo desenvolvimento de temas específicos. A coordenação é um colegiado, composto de representantes da VPEIC e das revistas. Para falar um pouco sobre o assunto, entrevistei Maria Helena Durães, uma das atuais coordenadoras colegiadas do Fórum e editora científica da Revista Fitos. Confira a entrevista, na íntegra:

 

Criado em 2014 no âmbito da Vice-Presidência de Educação, Informação e Comunicação, como está organizado hoje o Fórum de Editores Científicos da Fiocruz?

Maria Helena Durães: A proposta atual é de uma coordenação compartilhada entre a Vice-Presidência de Educação, Informação e Comunicação (VPEIC) e os representantes dos periódicos que compõem o Fórum de Editores Científicos. Atualmente, a coordenação é constituída por Vanessa de Arruda Jorge, coordenadora de Informação e Comunicação, Ana Beatriz Aguiar, coordenadora adjunta de Informação e Comunicação, e por mim, editora científica da Revista Fitos.

 

Um dos objetivos desse Fórum é fortalecer a Política de Acesso Aberto ao Conhecimento. Qual você acredita que seja outro grande objetivo da iniciativa?

Maria Helena Durães: A criação do Fórum possibilita a troca de experiências entre os editores, de forma cooperativa, o que favorece a troca e a articulação de estratégias coletivas, que visam atender os crescentes desafios editoriais institucionais e da sociedade como um todo. Além disso, é um espaço que privilegia a discussão, propiciando uma pactuação democrática para a implementação de propostas que visem a divulgação científica e a democratização de acesso a uma informação científica atualizada, completa e confiável.

Para mim, participar deste Fórum é um privilégio. É uma oportunidade de aprender com os demais editores, principalmente sobre a atuação editorial de uma instituição de excelência na área científica como a Fiocruz.    

 

O Fórum é um espaço dedicado ao debate. Na sua avaliação como editora científica, qual a importância de um espaço comum de discussão para os periódicos da Fiocruz?

Maria Helena Durães: Este talvez seja um dos pontos mais interessantes do Fórum, na minha avaliação. Isso porque a atuação como editora científica pode, por vezes, ser um processo solitário, o que torna esse espaço ainda mais importante e dinâmico – permite compartilhar e promover o intercâmbio com os demais editores, contribuindo para a melhoria contínua das publicações científicas de nossa instituição.

 

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.