Brasil
Acesso à Informação

Fitoterápicos na atenção primária à saúde: desafios e perspectivas na atuação médica no SUS

Sumário

No Brasil existem duas políticas nacionais que incentivam a utilização de Fitoterápicos como terapia alternativa na atenção básica de saúde (ABS): Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos (PNPMF) e a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC), que fornecem as diretrizes da Fitoterapia nos Serviços de Saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) através das plantas medicinais de interesse ao SUS (RENISUS). O objetivo deste trabalho foi realizar uma revisão bibliográfica de artigos e documentos expostos durante as aulas de Fitoterapia no curso de Medicina do Norte do Brasil. A formação em saúde, de modo geral, ainda precisa avançar no sentido de preparar profissionais no atendimento aos pressupostos do SUS e seus programas de saúde instituídos, a exemplo da PNPMF e da PNPIC, oferecendo-lhes suporte para que sejam coerentemente inseridos na prática profissional e no dia a dia dos serviços, com comprometimento e responsabilidade.

Artigos relacionados