Brasil
Acesso à Informação

Revista Fitos comemora um ano

Publicação da Fiocruz, especializada em plantas medicinais, registra 50% de aumento no número de artigos submetidos no período

26/08/2015
Por Portal de Periódicos Fiocruz

 

A Revista Fitos Eletrônica, publicação do Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos/Fiocruz), está comemorando seu primeiro aniversário. Editada pelo Núcleo de Gestão em Biodiversidade e Saúde, a publicação difunde, desde o 26 de agosto de 2014, conhecimentos sobre o uso de plantas medicinais que gerem inovações tecnológicas em medicamentos.

Já em seu primeiro ano, o periódico migrou do formato impresso para o eletrônico. A editora executiva Rosane Abreu conta que o processo começou no segundo semestre de 2014. “Tivemos que ajustar a plataforma eletrônica, qualificar o corpo editorial (editores e equipe), acertar a periodicidade. Trabalhamos para contemplar as novas demandas da sociedade do conhecimento e nos alinharmos à Política de Acesso Aberto da Fiocruz”.

Segundo ela, a primeira publicação online ainda foi fruto do sistema híbrido de submissão de artigos, uns por e-mail, outros através do sistema eletrônico. “Ainda neste número, todos os manuscritos foram submetidos eletronicamente (no volume 9, n.1 e n.2 de 2015) e todas as atividades editoriais foram realizadas através do sistema on-line”, diz.

O crescimento dessa semente é motivo de comemoração: “Conseguimos ampliar a visibilidade da Fitos, trabalhando bastante nas ações de divulgação e nos integrando às demais revistas científicas da Fiocruz em seu Portal de Periódicos”, afirma Rosane.

 

Um retrato do primeiro ano da Fitos

Revista Fitos Eletrônica é especializada em plantas medicinais e apresenta artigos científicos que possam contribuir para a pesquisa, o desenvolvimento e a inovação de medicamentos de origem vegetal, bem como para estudos e aprofundamentos de temas e disciplinas que abrangem este setor. É voltada às áreas de Química, Farmacologia, Etnofarmacologia, Botânica, Agroecologia e Inovação.

  • As plantas medicinais mais pesquisadas foram: cordia verbenácea (erva baleeira), cynara scolymus (alcachofra) e bauhinia forficata (pata de vaca).

  • A Fitos teve aumento de 50% no número de artigos submetidos - passando de 8 para 12 mansucritos.

  • O site da Fitos teve 14.540 acessos e a revista registra 45.148 visualizações.

 

Os 10 artigos mais lidos

2.    Elaboração de uma cartilha direcionada aos profissionais da área da Saúde, contendo informações sobre interações medicamentosas envolvendo fitoterápicos e alopáticos (243 acessos)

3.    Uma revisão bibliográfica sobre Araceae com foco nos gêneros Pistia, Philodendron e Montrichardia: aspectos botânicos, fitoquímicos e atividades biológicas (364 acessos)

4.    Drogas e extratos vegetais utilizados em fitoterapia (294 acessos)

5.    A Conservação de Exsicatas em Herbários: Contribuição ao Manejo e Preservação (218 acessos)

6.    Desenvolvimento Tecnológico de Produtos Fitoterápicos (198 acessos)

7.    Determinação da propriedade antioxidante e teores de minerais presentes nas folhas de Azadirachta Indica A. Juss (194 acessos)

8.    Perfil de Utilização de Fitoterápicos nos Municípios de Volta Redonda e Barra Mansa/RJ (193 acessos)

9.    Plantas Medicinais Brasileiras. I. Achyrocline satureioides (Lam.) DC. (Macela) (185 acessos)

10.  Pesquisa e Desenvolvimento de Fitoterápicos: Relatos de Experiência em Indústria Farmacêutica Nacional (179 acessos)

 

Acessos por país
PAÍS

ACESSOS

PERCENTUAL

Brasil

10.969

75,44%

EUA

1.110

7,63%

Não identificado

705

4,85%

Inglaterra

296

2,04%

China

171

1,18%

Japão

117

0,80%

Índia

84

0,58%

França

73

0,50%

Portugal

72

0,50%

Rússia

69

0,47%

 

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.