Brasil
Acesso à Informação

RedesFito promove diálogo sobre fitomedicamentos do semiárido

10/10/2018

Seminário reunirá especialistas da área, nos dias 18 e 19 de outubro. Para saber mais sobre o tema, leia o artigo publicado na Revista Fitos sobre uma espécie da Caatinga utilizada pela medicina popular

Por RedesFito | Arte: Divulgação

Nos dias 18 e 19 de outubro a RedesFito promove o Seminário do Arranjo Ecoprodutivo Local Juá-Caatinga (AEPL/JUÁ). O desenvolvimento tecnológico de fitomedicamentos do semiárido em rede será discutido com a participação de diferentes grupos de atores que compõem o AEPL/JUÁ. Participarão da discussão representantes da academia, da indústria, das comunidades rurais locais, universidades, institutos de ciência e tecnologia, organizações do terceiro setor e governo. Uma das palestrantes convidadas é a editora executiva da Revista Fitos, Rosane Abreu.

O Seminário Juá/Caatinga será pioneiro na discussão de projetos estruturantes capazes de viabilizar a inovação em medicamentos da biodiversidade construída de forma participativa. Esta construção acontecerá a partir das perspectivas da sustentabilidade, da ecológica, da cooperação em rede e de políticas que contemplem a repartição de benefícios e o desenvolvimento local.

Para os organizadores do evento, após 12 anos da publicação da Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos, o seminário representa uma dupla contribuição. A primeira diz respeito ao desenvolvimento tecnológico de fitomedicamentos do bioma Caatinga. Ao mesmo tempo, a iniciativa possibilita ampliar as bases conceituais para a formulação de políticas públicas relacionadas com a inovação em medicamentos da biodiversidade.

Há 100 vagas para o evento e as inscrições são gratuitas. Acesse este link e inscreva-se até 16 de outubro

Para compartilhar conhecimentos sobre o tema, recomendamos a leitura deste artigo publicado na revista Fitos, que aborda a caracterização de uma espécie endêmica da Caatinga, utilizada pela medicina popular. 

 

PROGRAMAÇÃO - SEMINÁRIO DO ARRANJO ECOPRODUTIVO LOCAL JUÁ-CAATINGA (AEPL/JUÁ)
Dias 18/10 e 19/10
Auditório do INSA (Av. Francisco Lopes de Almeira, s/nº - PB-138, bairro do Serrotão, Campina Grande, Paraíba)

Quinta-feira (18/10)

8h - Credenciamento

9h - Mesa de abertura

Romero Rodrigues Veiga, Prefeito de Campina Grande
Salomão de Sousa Medeiros, Diretor do INSA
Glauco Villas Bôas, Coordenador do Sistema RedesFito/Fiocruz
Alexandre Henrique Asas, Presidente da Articulacão do Semiárido
Kátia Torres, Ministério da Saúde/MS
Jean Paul Billaud, Universidade Nanterre (França)
Manuelle Lago, Universidade Nanterre (França)
Welington Batista, Secretário de Agricultura de Pernambuco

10h - Mesa 1: Sistema nacional de arranjos eco produtivos locais 
Glauco Villas Bôas, As RedesFito e os Arranjos Eco Produtivos Locais (AEPLs)
Vitarque Coelho, AEPLs/ Rotas de integração
Paulo Cavalcanti, Rede Plades-NE

12h - Almoço

14h - Mesa 2: Comunidades agrícolas e tradicionais
Relato de experiências
Lourdinha Silva, Comunidades Conceição das Crioulas - PE
Nega Lourdes, Nova Palmeira - PB
Eliane Barreto, Madre de Deus - PE
Márcio Albuquerque, Kapinawá-Buíque - PE (Parque Nacional do Catimbau)
Vilmar Luiz Lermen, Comunidade Exu - PE
Geraldo Rodrigues Ramos, Povos Tradicionais de Lagoa Grande - PE

16h30 - Debate 


Sexta-feira (19/10)

8h30 - Mesa 3: O papel das universidades e dos ICTs no AEPL Juá Caatinga
Márcia Vanusa da Silva, Diálogos entre o Conhecimento Científico e Tradicional: Inventário de Plantas Medicinais e Seus Usos Pelas Comunidades Tradicionais de Municípios do Sertão Pernambucano
Cláudia Sampaio de Andrade Lima, Desenvolvimento Tecnológico de Plantas Medicinais e de Medicamentos da Biodiversidade de Forma Sustentável

10h - Debate

11h - Mesa 4: O protagonismo da indústria farmacêutica nacional na inovação em medicamentos da biodiversidade
Avaniel Marinho, Inovação em Rede na Hebron
Cristina Ropke, O Papel das Empresas Intermediárias de Extração na Rede de Desenvolvimento
Rui Macedo, A Trajetória do Laboratório da Universidade Federal da Paraíba

13h - Almoço

14h30 - Debate

15h - Sistematização
Rosane Abreu, Instituto de Tecnologia em Farmácos Farmanguinhos (Fiocruz)
Márcia Vanusa, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Denise Monteiro, Instituto de Tecnologia em Farmácos Farmanguinhos (Fiocruz).

16h - Encerramento

 

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.