Brasil
Acesso à Informação

Reciis obtém indexação na Lilacs

Conteúdo do periódico, que é editado pela Fiocruz, terá maior abrangência internacional: já são oito indexações

01/04/2016
Por Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde/Fiocruz | Foto: Pixabay

 

A Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e Inovação em Saúde (Reciis) passará a integrar, em 2016, a base de dados da Rede Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (Lilacs). Com a nova indexação, o conteúdo do periódico terá maior abrangência internacional.

Com mais de 900 periódicos indexados, a Lilacs é uma fonte de informação de referência para divulgação da produção científica em saúde da América Latina, que se destaca pela metodologia de indexação, utilização dos Descritores de Ciências da Saúde (DeCS), promoção do acesso aberto e pelo forte estímulo ao trabalho em rede.

Segundo a editora executiva da Reciis, Juliana Reis, a indexação traz a oportunidade de estar visível em uma base de dados importante para o escopo da revista, o que permitirá consolidação no campo de conhecimento.

Editada desde 2007 pelo Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz), a Reciis já conta com oito indexações. Suas áreas temáticas são comunicação, informação e inovação em interfaces com a saúde, de forma multidisciplinar. O conteúdo é dividido por seções como artigos originais, artigos de revisão, ensaios, entrevistas, imagens comentadas, notas de conjuntura, relatos de experiência e resenhas de livros e de produções audiovisuais. A revista é publicada em acesso aberto, a cada três meses.

 

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.