Brasil
Acesso à Informação

Fiocruz promove o seminário Educação, Saúde e Sociedade do Futuro

22/08/2015
 
Evento terá conferência do filósofo francês Pierre Lévy
Por Agência Fiocruz de Notícias

 

O filósofo francês Pierre Lévy é o grande conferencista do seminário Educação, Saúde e Sociedade do Futuro, promovido pela Fiocruz. A abertura do evento será na terça-feira, 25/8, às 13h, no auditório do Museu da Vida, no campus da Fundação em Manguinhos (Avenida Brasil 4.365, Rio de Janeiro).

Durante três dias, estarão reunidos educadores, pesquisadores e demais interessados na interseção entre estes temas para discutir perspectivas e novas visões sobre educação na sociedade contemporânea, com foco em projetos educacionais inovadores. Além das conferências, o público participará de debates em mesas-redondas, mostras de experiências inovadoras bem-sucedidas e rodas de conversa.

O encontro está estruturado em três eixos temáticos. O primeiro é Educação, tecnologia e sociedade: qual o futuro que queremos?, cujo foco é debater os desafios para educação gerados pela nova dinâmica social, em que as tecnologias de comunicação tornaram-se um dos fundamentos da sociabilidade contemporânea.

O tema do segundo eixo é Educação e trabalho para o SUS: desafios de um projeto de país. Nesta linha, serão promovidas discussões sobre ideias inovadoras sob a perspectiva da educação permanente e estratégias de transformação das práticas de gestão, participação popular e controle social na área de saúde.

O eixo Formação para a pesquisa e inovação, por sua vez, pretende suscitar o debate sobre a pós-graduação em saúde no país, suas contribuições para o desempenho profissional e para a busca de soluções dos problemas enfrentados pela sociedade.
 

Conferência e palestras

A abertura do evento será no dia 25/8, às 13h, com a presença do presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, e da vice-presidente de Ensino, Informação e Comunicação da Fundação, Nísia Trindade Lima.

A conferência Educação e comunicação: desafios para uma cultura de responsabilidade de colaboração em redes, será proferida pelo filósofo francês Pierre Lévy, no último dia do seminário (27/8), às 9h. Lévy tem dedicado sua vida profissional ao entendimento das implicações culturais e cognitivas das tecnologias digitais, para promover seus melhores usos sociais e estudar o fenômeno da inteligência coletiva. Atualmente, leciona no Departamento de Comunicação da Universidade de Ottawa (Canadá). Em função da grande procura, a conferência será transmitida em mais dois auditórios na Fiocruz Rio. 

As palestras do Seminário serão também transmitidas pela web. O endereço para acesso será divulgado na fanpage do evento e no site.

 
Saiba quem são os palestrantes do evento
 

Chao Lung Wen: Professor Associado (Livre Docente) e Chefe da Disciplina de Telemedicina da Faculdade de Medicina da USP; coordenador do Projeto de Tecnologias Educacionais Interativas para potencialização de Educação em Saúde (CAPES/MEC – SGTES/MS); coordenador dos projetos Pró-Inovalab (Laboratório de Inovação em Educação) da FMUSP, pela Pró-Reitoria de Graduação da USP e Coordenador dos Programas Homem Virtual e Jovem Doutor da Disciplina de Telemedicina da FMUSP.


Isaac Roitman: Professor emérito da Universidade de Brasília, coordenador do Núcleo de Estudos do Futuro (n.Futuros/CEAM/UnB), presidente do Comitê Editorial da Revista Darcy/UnB e membro tiular de Academia Brasileira de Ciências.


José Moran: Doutor em Comunicação pela Universidade de São Paulo, professor de Novas Tecnologias na USP (aposentado) e um dos fundadores da Escola do Futuro. Coordena um grupo de pesquisa sobre Formação Inovadora de Professores no Instituto Singularidades de São Paulo. É autor dos livros A educação que desejamos: novos desafios e como chegar lá (Papirus) e coautor de Novas Tecnologias e Mediação Pedagógica (Papirus) e Educação a Distância: Pontos e Contrapontos (Summus). Mantém o blog Educação Humanista Inovadora em www2.eca.usp.br/moran


Kenneth Rochel de Camargo Jr.: Professor associado do Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IMS/UERJ), editor do American Journal of Public Health e editor da revista Physis. Vice-presidente honorário para America Latina e Caribe da APHA (American Public Health Association).


Luiz Bevilacqua: professor Emérito do Instituto Alberto Luiz Coimbra, COPPE-UFRJ. PhD Stanford University, 1971. Prof. Titular do Instituto Alberto Luiz Coimbra, COPPE-UFRJ; Vice Reitor Acadêmico PUC/RJ, 1980/1986; Diretor da COPPE-UFRJ, 1990/1992; Coordenador da Comissão de Fundação e Implantação da UFABC e Reitor da UFBC, 2004-2009. Ocupou cargos de direção no MCT, AEB e CNPq; Membro da Academia Brasileira de Ciências, da Academia Nacional de Engenharia, da Third World Academy of Sciences e da European Academy of Sciences Membro da Ordem do Mérito Científico.


Manuel Palacios Cunha Melo: Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC), professor da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e fundador do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (CAEd/UFJF).


Mario Rovere: Professor da Universidad de Buenos Aires, Universidad Nacional de Rosario, Faculdade Latinoamericana de Ciencias Sociais (FLACSO). Pesquisador da Universidad Nacional de La Matanza, Asociación Latinoamricana de Medicina Social ALAMES.


Naomar Almeida-Filho: Professor Titular de Epidemiologia no Instituto de Saúde Coletiva da UFBA. Médico, Mestre em Saúde Comunitária, Ph.D. em Epidemiologia. Doctor of Science Honoris Causa McGill University, Canadá. Foi Presidente da Comissão de Implantação e atualmente é Reitor pro-tempore da Universidade Federal do Sul da Bahia.


Roberto Lent: Graduado em Medicina pela UFRJ, com Mestrado e o Doutorado no Instituto de Biofísica (UFRJ), e pós-doutoramento no Massachusetts Institute of Technology. É Professor Titular da UFRJ, Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências, Pesquisador 1A do CNPq, e Cientista do Nosso Estado da FAPERJ. Na UFRJ, chefia o Laboratório de Neuroplasticidade do Instituto de Ciências Biomédicas. Possui numerosos trabalhos científicos sobre desenvolvimento, plasticidade e evolução do cérebro, bem como livros de divulgação da neurociência para adultos e crianças.

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.