Brasil
Acesso à Informação

Editora Fiocruz conquista Prêmio Abeu 2017

Três títulos da Editora se destacaram na categoria Ciências da Vida

21/11/2017
Por Assessoria de Comunicação/Editora Fiocruz | Foto: Site da Abeu

 

A coletânea Brasil Saúde Amanhã: população, economia e gestão, da Editora Fiocruz, conquistou o primeiro lugar na categoria Ciências da Vida do Prêmio Abeu 2017, promovido pela Associação Brasileira das Editoras Universitárias (Abeu). Na mesma categoria, outros dois títulos da Editora também tiveram destaque. Amamentação e Políticas para a Infância no Brasil: a atuação de Fernandes Figueira (1902-1928) ficou em segundo lugar e Tessituras do Cuidado: as condições crônicas de saúde na infância e adolescência recebeu menção honrosa. A entrega dos troféus ocorreu no dia 18 de novembro, no auditório da Biblioteca Mário de Andrade, em São Paulo (SP).  

Promovido desde 2015, o Prêmio Abeu se destina às melhores edições universitárias no âmbito do conhecimento científico e acadêmico. Divide-se em seis categorias: Capa, Projeto Gráfico, Ciências Naturais e Matemáticas, Ciências da Vida, Ciências Sociais e da Expressão, e Ciências Humanas. Com essa premiação, o objetivo da Associação é "incentivar a qualificação das edições das casas editoras universitárias, bem como fomentar a produção técnico-científica, em relação tanto à excelência dos conhecimentos veiculados pelos títulos quanto à concepção estética das edições".

A pesquisadora Sulamis Dain, organizadora da coletânea Brasil Saúde Amanhã junto com Paulo Gadelha, José Carvalho de Noronha e Telma Ruth Pereira, foi à cerimônia. “É uma honra o reconhecimento ao trabalho, que é um projeto em grupo, de pessoas que fazem parte de um programa da Fiocruz chamado Brasil Saúde Amanhã. E, na verdade, o livro traz uma discussão de políticas de saúde numa perspectiva acadêmica e militante; portanto, estou muito honrada e feliz do nosso trabalho ter uma projeção”, disse ela ao receber o troféu.

Conheça mais sobre os títulos premiados

Brasil Saúde Amanhã: população, economia e gestão busca refletir sobre o Brasil que queremos em um horizonte de 20 anos. Comprometido com a efetivação do Sistema Único de Saúde (SUS) e a melhoria da saúde pública brasileira, o livro discute temas como projeções do perfil epidemiológico do país, organização e gestão dos serviços de saúde. Para identificar tendências, construir indicadores e intervir na realidade, os autores utilizam as ferramentas da prospecção estratégica.

Amamentação e Políticas para a Infância no Brasil, de Gisele Sanglard (org.), apresenta reflexões sobre temas importantes para pediatras e puericultores no início do século XX, notadamente as ideias de Fernandes Figueira, considerado um dos principais nomes da pediatria brasileira. O livro se destaca também por trazer a luz duas obras publicadas por Fernandes Figueira – a carta aberta Bases científicas da alimentação da criança: suas consequências sociais, levada a público em 1905, e o Livro das Mães: consultas práticas de higiene infantil, cuja primeira edição data de 1910. A republicação dessas obras primárias, em articulação com os estudos atuais, busca ampliar os horizontes do debate acerca da assistência à infância.

Tessituras do Cuidado, de Camila Aloisio Alves, tem o objetivo de compreender como se constrói o cuidado às condições crônicas na infância e na adolescência em hospitais de média e alta complexidade. A autora estudou as relações entre crianças e adolescentes com doenças crônicas, seus familiares e profissionais da saúde, em ambientes de internação (neonatologia, pediatria e cirurgia pediátrica). A pesquisa reflete criticamente não só sobre o cotidiano da assistência, mas também sobre as possibilidades de se produzir um projeto de vida com e apesar do adoecimento crônico, contribuindo para o entendimento dos desafios e potencialidades inscritos no cuidado dedicado a essas crianças e adolescentes.

Para mais informações sobre os livros, acesse a página da Editora Fiocruz.

Saiba mais sobre o Prêmio Abeu.

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.