Brasil
Acesso à Informação

A divulgação imediata da pesquisa científica através de preprint

08/11/2018

Os editores Claude Pirmez e Adeilton Brandão, da revista Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, discutirão o tema em sessão do Centro de Estudos do IOC/Fiocruz

Por Valentina Leite (Portal de Periódicos Fiocruz) | Foto: Unsplash


Tempo é um ativo valiosíssimo — no campo da ciência, mais ainda. Para abordar os benefícios da comunicação rápida dos preprints, o Centro de Estudos do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) promove um debate com os editores da revista Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, Claude Pirmez e Adeilton Brandão. O tema da sessão será Memórias do Instituto Oswaldo Cruz: a divulgação imediata da pesquisa científica através de preprint. O evento acontece nesta sexta-feira (9/11), às 10 horas, no Pavilhão Arthur Neiva, no campus Manguinhos da Fiocruz (Av. Brasil, 4365 - Manguinhos - Rio de Janeiro - RJ).

Por sua atualidade e pela tradição e relevância do periódico, os editores vêm sendo bastante requisitados para abordar o assunto. Na Conferência SciELO 20 anos, em setembro, Claude participou de um painel que tratou de preprints, peer-review e publicação contínua. Em sua apresentação, a editora trouxe a experiência das Memórias com o Fast Track e os preprints, que contribuem para que as pesquisas sejam publicadas com mais agilidade. "São formas de deixar a informação mais acessível, online, além de tornar a pesquisa e o pesquisador mais visíveis", enfatizou durante o painel.


Preprints: uma possível solução?

Em suas publicações, a revista Memórias já adota preprints - e estimula, agora, que outras revistas científicas também utilizem esta forma de avaliação. No editorial Possible future for editors and scientific journals in an environment of decentralized and instantaneous dissemination of science, Claude e Adeilton afirmam que os preprints são um modelo mais eficiente para editores e pesquisadores.

O texto destaca a segurança da publicação, na medida em que possibilita a troca de dados científicos de maneira rápida, aberta a todos e sem intermediários: os resultados da pesquisa vão direto para seus pares. Num futuro possível, segundo os editores, todos os pesquisadores e agências de fomento à pesquisa vão aderir a esta prática. "As consequências podem ser que os pesquisadores pensem 'Por que eu preciso de intermediários para disseminar um trabalho que já está disponível para meus colegas que podem, por exemplo, comentar, criticar, compartilhar e replicar?'", afirmam. "Os editores perderiam o poder de decidir o que é ou não é lido pela comunidade científica", analisam.

Para saber mais sobre preprints, acesse também o infográfico criado pelo Portal de Periódicos Fiocruz, com consultoria de Adeilton Brandão.


Centro de Estudos do IOC
Memórias do Instituto Oswaldo Cruz: a divulgação imediata da pesquisa científica através de preprint
Dia 9 de novembro de 2018, às 10h
Auditório Emmanuel Dias | Pavilhão Arthur Neiva
Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro - RJ - CEP: 21040-900

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.