Brasil
Acesso à Informação

Alta taxa de infecção por norovírus em Manaus

29/06/2017

Artigo ressalta que o diagnóstico dos casos de infecção por norovírus é extremamente importante para prevenir surtos e eliminar possíveis fontes de infecção

Por Maíra Menezes | Foto: Rodrigo Méxas (IOC/Fiocruz)

Laboratório do IOC analisou amostras utilizando
técnicas de diagnóstico molecular com base no
material genético do vírus


A infecção por norovírus é uma das principais causas de quadros gastroenterite aguda – marcados por sintomas como diarreia, vômitos e náuseas – no mundo. Na cidade de Manaus, um estudo aponta que o microrganismo respondeu por aproximadamente 35% dos registros da doença entre menores de 14 anos em 2010 e 2011. O trabalho analisou 426 amostras coletadas de pacientes hospitalizados.

Os pesquisadores verificaram que a taxa mais elevada ocorreu entre as crianças com menos de dois anos, que foram oito vezes mais afetadas do que as outras faixas etárias estudadas. A pesquisa também investigou o perfil genético dos microrganismos, revelando que 89% pertenciam ao genótipo conhecido como GII.4.

No artigo, os autores destacam que o diagnóstico dos casos de infecção por norovírus é extremamente importante para prevenir surtos e eliminar possíveis fontes de infecção. Além disso, o conhecimento sobre o perfil genético dos patógenos pode contribuir para a formulação de novos tratamentos e futuras vacinas.

 

Este portal é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.