Jovens estão mais vulneráveis a doenças tropicais negligenciadas

Estudo desenvolvido na Fiocruz Bahia identifica que crianças e adolescentes são mais propícios a adquirir determinados parasitas, em regiões mais pobres do Brasil